Ter, 22 de dezembro de 2020, 08:25

TCC de egressa de Museologia da UFS é premiado como melhor do Nordeste
Prêmio é realizado pela Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação

Abel Victor | Rádio UFS - O trabalho de conclusão de curso da egressa de Museologia da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Valéria Oliveira Barbosa, foi classificado como o melhor da área na região Nordeste na edição deste ano do Prêmio TCC da Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação (Abecin). O anúncio oficial foi realizado no último dia 15, em cerimônia virtual.

Orientado pelas professoras Priscila Maria de Jesus, do Departamento de Museologia (DMS), e Janaina Cardoso de Mello, do Departamento de História (DHI), o TCC abordou as relações entre museus, turismo, patrimônio cultural, recursos tecnológicos e desenvolvimento.

Ela analisou três projetos desenvolvidos, entre 2014 e 2018, no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI), em parceria com a Coordenação de Inovação e Transferência de Tecnologia (CINTTEC), sobre a ampliação e criação de ferramentas tecnológicas de baixo custo para uso de instituições, patrimônios e lugares turísticos.

+ Ipea concede Prêmio de Excelência em Pesquisa a professores da UFS

Valéria Barbosa conta que a pesquisa trabalhou com campos distintos, como a história e o turismo, e buscou analisar a implementação de recursos tecnológicos em ambientes culturais. “Então, como essas ferramentas podem somar para essas instituições museológicas para fomentar o turismo. É isso que o trabalho retrata”, destaca.

A premiada ainda conta que a participação nos projetos de pesquisa da Universidade foi essencial para a escolha do tema de estudo. Ela ainda ressalta que as orientadoras foram “demais, pois inicialmente eu não fazia ideia de como começar e elas deram dicas valiosas para a concepção de projetos”.

A orientadora do TCC, Priscila de Jesus, considera a pertinência da temática como um dos fatores para a classificação de Valéria no concurso da Abecin. “É um tema atual, que trabalha com questões que não só passam pela museologia, mas ele também tem essa interdisciplinaridade com outras áreas e que são necessárias para se pensar o museu do futuro e como as práticas e processos de transformação digital podem e devem ser aplicados dentro dos espaços culturais”, pontua.

Barbosa já conquistou três prêmios Destaque do Ano em Iniciação Tecnológica na UFS. A co-orientadora, Janaina Cardoso, conta que a pesquisadora participou também de diversos eventos e atividades acadêmicas e que tinha um olhar holístico para a ciência. “A visão da Valéria traz justamente essa demanda de cada vez mais o pesquisador, principalmente das ciências sociais aplicadas, voltar o seu olhar para essa perspectiva transdisciplinar, não ficar preso em uma única disciplinaridade”, salienta.

+ UFS tem 23 professores classificados em edital de bolsas do CNPq


Valéria ao lado da professora Janaina na premiação do Pibiti. Foto: Arquivo pessoal
Valéria ao lado da professora Janaina na premiação do Pibiti. Foto: Arquivo pessoal

O prêmio

Além de Museologia, o concurso é destinado para trabalhos de conclusão dos cursos de Arquivologia, Biblioteconomia e Gestão da Informação das escolas públicas e privadas do país associadas à Abecin. Cada instituição, segundo o regulamento, pode inscrever apenas um TCC de cada curso citado acima para análise da comissão julgadora do prêmio.

Os trabalhos são avaliados a partir de critérios, como a relevância e originalidade do tema de pesquisa, profundidade da fundamentação teórica e consistência da análise e apresentação dos resultados. A seleção acontece em duas etapas: a primeira escolhe um TCC de cada área inscrita por região, e a segunda, dentre os classificados na iniciativa, elege o melhor em âmbito nacional para premiação.

A presidente da Abecin na gestão 2019-2022 e professora do Departamento de Ciência da Informação da UFS, Martha Suzana Cabral Nunes, afirma que foram inscritos na edição deste ano mais de 20 trabalhos de “altíssimo nível de qualidade”. “Nós ficamos muito felizes com a premiação e esperamos que, em 2021, nós tenhamos outra quantidade expressiva de trabalhos da área e também a participação da UFS no Prêmio TCC Abecin”, frisa.

Abecin

Fundada em 2001, a Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação (Abecin) é uma instituição sem fins lucrativos, com a finalidade de fortalecer e integrar as instituições e profissionais do ensino superior e contribuir para o aperfeiçoamento do ensino dessa área de atuação.


Atualizado em: Ter, 22 de dezembro de 2020, 08:54
Notícias UFS