Ter, 08 de junho de 2021, 17:28

Trabalhadores do campus de São Cristóvão começam a ser vacinados contra a covid-19
Imunização no auditório da Didática 7 segue até a próxima segunda-feira, 14

Cerca de 500 trabalhadores, entre professores, técnicos e terceirizados, receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 no primeiro dia da campanha de imunização no campus de São Cristovão da Universidade Federal de Sergipe (UFS). A ação começou nesta terça-feira, 8, e segue até a próxima segunda-feira, 14, das 9h às 16h, no auditório da Didática 7.

+ Veja as listas dos trabalhadores do campus de São Cristóvão para vacinação contra covid-19

O professor do Departamento de Letras Vernáculas, Alexandre de Melo Andrade, não escondeu a emoção ao ser o primeiro da fila a tomar a primeira dose do imunizante. "É uma sensação de alívio, depois de tanto esperando [a vacinação]. É uma felicidade imensa receber a primeira dose. Cheguei cedo aqui ao local de vacinação e para minha supresa fui o primeiro a ser vacinado," contou o professor.


O professor Alexandre de Melo Andrade foi a primeira pessoa a se vacinar no campus de São Cristóvão. (fotos: Dani Santos/Prefeitura de São Cristóvão))
O professor Alexandre de Melo Andrade foi a primeira pessoa a se vacinar no campus de São Cristóvão. (fotos: Dani Santos/Prefeitura de São Cristóvão))

"Estou muito emocionada. Está sendo muito simbólico também receber a vacina na nossa segunda casa, nosso local de trabalho, que é a UFS. É uma dose de esperança que recebemos," afirmou a técnica em laboratório do Departamento de Química, Amanda Góis dos Santos.

O reitor da UFS, professor Valter Santana, destacou a importância da parceria com o município para avançar no plano de imunização, a fim de garantir a proteção dos trabalhadores e possibilitar o planejamento para a retomada de atividades de forma segura. "É um momento que marca um novo panorama de perspectivas para a comunidade universitária. Com isso, trazemos mais segurança para o labor diário e poderemos discutir internamente propostas de retomada progressiva e segura de várias atividades que estão suspensas frente à massificação dessa vacinação," ressaltou o reitor.


A aplicação da vacina contra a covid-19 segue até segunda-feira, 14/06, de forma escalonada
A aplicação da vacina contra a covid-19 segue até segunda-feira, 14/06, de forma escalonada

Segundo a secretária de Saúde de São Cristóvão, Fernanda Santana, a meta é imunizar mais de 2 mil servidores do campus, por meio do plano de vacinação do município. "É um número bastante impactante de pessoas a serem vacinadas no grupo de trabalhadores da educação superior. Dessa forma, dividimos em listas por ordem alfabética, até para controlar o processo e evitar aglomerações," explicou a secretária.

Como se vacinar?


Segundo a Secretaria de Saúde de São Cristovão, a meta é imunizar mais de 2 mil servidores do campus
Segundo a Secretaria de Saúde de São Cristovão, a meta é imunizar mais de 2 mil servidores do campus

Para receber o imunizante, o trabalhador precisa apresentar RG, CPF ou cartão SUS e comprovante de exercício profissional. No dia 08, foram contempladas as pessoas, cujos nomes tem iniciais de A a C; no dia 09, de D a I; no dia 10, de J a L; no dia 11, de M a Q; e no dia 14, de R a Z (confira as listas nominais abaixo). Caso algum nome não conste na lista, o contato deve ser feito com a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep) através e-mail: progep@academico.ufs.br.

Vacina solidária

Durante todos os dias de vacinação, a UFS vai arrecadar alimentos não perecíveis para doação a instituições de caridade e pessoas em situação de vulnerabilidade social. O pedido é para que cada trabalhador vacinado possa contribuir com um ou mais quilos de alimentos. A distribuição será feita após conclusão da aplicação da primeira dose para entidades do município de São Cristóvão.

Ascom

comunica@academico.ufs.br


Atualizado em: Ter, 08 de junho de 2021, 17:44
Notícias UFS